sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

POESIA VIVA DO RECIFE : "ESFOLHANDO O AMADO CORPO" (fragmento), de Luzilá Gonçalves






... Tudo cabe aqui : 
uma menina magrinha retoma o caminho do colégio 
pelas ruas do Espinheiro e a adolescência se refaz 
no Parque 13 de Maio, onde a gente festeja a vida  
depois das aulas. Aqui reencontro amigos, 
naquela praça ouvi meu primeiro "eu te amo", naquele  
cais chorei o amor desesperadamente perdido, 
o Capibaribe por testemunha.   
Outras cidade serão mais belas - o mundo está  
cheio de corpos lindos - mas nenhuma delas me daria
esta sensação permanente de surpresa e descobertas, 
ser único e insubstituível, cuja forma, odores, maciez, 
eu reconheceria de olhos fechados Recife, corpo 
amado.   



(Da antologia POESIA VIVA DO RECIFE, 
organizada por Juareiz Correya) 



_______________________________________________________________
LUZILÁ GONÇALVES  -  Nasceu em Garanhuns (PE) e vive no Recife desde 
os 6 anos de idade.  Poetisa, contista, romancista, ensaísta e professora 
universitária (Letras/UFPE).  Publicou mais de 30 livros : contos, romances, 
ensaios, biografias, antologias.  É autora do livro de poesia O Espaço do Teu 
Rosto. Membro da APL e colunista do Diário de Pernambuco ("Letras às 
Terças"). Incluída na primeira edição da antologia Poesia Viva do Recife 
(CEPE, Recife, PE, 1996).    

............................................................................................................................. 
Transcrito da AGENDA CULTURAL DO RECIFE (Dezembro 2014) 
- Prefeitura do Recife / Secretaria de Cultura / 
Fundação de Cultura Cidade do Recife 
(http://www.recife.pe.gov.br/agendacultural)